Ifac realiza atividades em prol do Setembro Amarelo

Com a finalidade de informar e conscientizar os servidores e colaboradores do Instituto Federal do Acre (Ifac) a respeito da prevenção ao suicídio, a Diretoria Sistêmica de Gestão de Pessoa (DISGP), através da Coordenação de Saúde e atenção a Qualidade de Vida (Cosvi), realizará diversas atividades durante o mês de setembro. As ações têm início nesta quarta-feira (20.09), no prédio anexo da Reitoria.

A partir das 8 horas haverá apresentação musical e logo em seguida a psicóloga do Ifac, Maria Freire, irá conduzir uma roda de conversa sobre prevenção ao suicídio. Para participar da atividade, basta realizar inscrição através do link https://goo.gl/4LDnpV. A mesma programação também será realizada, nos dias 26 e 27 de setembro, nos campi Avançado Baixada do Sol e Rio Branco.

De acordo com a coordenadora das atividades, Rosicleia da Cunha, a proposta é orientar sobre os fatores de proteção como restabelecimento de vínculos sociofamiliares, fortalecimento a saúde mental, análise real dos níveis de exigência externa e interna. “Além de minimizar os fatores de risco, é fundamental que a pessoa em sofrimento seja auxiliada a tempo de não imputar-se dor e/ou risco de vida, na tentativa de libertar-se do conflito elegendo a morte como única alternativa”.

Dia 29 de setembro acontecerá o encerramento das atividades com uma aula de meditação Kundalini Yoga, ministrada pelo professor Énio Souza. A dinâmica tem a proposta de incentivar o conhecimento e a busca do bem-estar físico e mental. A atividade acontecerá na sala de reuniões do prédio anexo da Reitoria.

Setembro Amarelo

A Organização Mundial de Saúde (ONU), sugeriu o dia 10 de setembro como data de prevenção ao suicídio. Desde então diversas campanhas são feitas em prol do Setembro amarelo. Segundo a Organização, estima-se que existam cerca 150 milhões de pessoas em depressão no mundo.

O suicídio pode ocorrer como consequência de uma série de fatores afetivos como por exemplo sociais, familiares ou psiquiátricos. Geralmente esse ato é o resultado de uma intensa dor psicológica que leva a pessoa a pensar não haver quaisquer soluções para seus problemas existenciais.

Segundo documento oficial sobre prevenção ao suicídio, da Organização Mundial de Saúde e da ONU, é fundamental promover a conscientização pública em relação a questões de bem estar mental, comportamentos suicidas, consequências de estresse e a gestão efetiva de crise.

Em outros termos, é importante a criação de políticas sociais preventivas a fim de identificar antecipadamente o público de risco, as situações e fatores estressores e possibilitar a avaliação, encaminhamento e tratamento de pessoas que possuam tendências suicidas. (Com informações OMS e ONU)

Fonte: Assessoria de Comunicação do Instituto Federal do Acre (Ifac)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br