Projeto com plantas medicinais é apresentado na Feira de Agricultura Familiar em Lagoa Grande

O Assentamento Malhada Real, município de Lagoa Grande (PE), recebeu, durante a realização da Feira de Agricultura Familiar, o projeto Farmácia Viva. Desenvolvido no campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE desde 2013, sob a orientação da professora doutora Flávia Cartaxo, o projeto tem como objetivo resgatar o cultivo e uso de plantas medicinais pela comunidade. “As plantas medicinais são capazes de curar ou aliviar sintomas de certas doenças, são de fácil cultivo, têm baixo custo financeiro e poucos efeitos colaterais”, explicou. Como algumas comunidades estão distantes de postos de saúde, as plantas medicinais podem ser usadas para aliviar sintomas até o devido atendimento médico.

Na feira, os alunos bolsistas do projeto, Luana Batista, Ianderson Pereira, José Pedro Dias, Teonis Batista, Gideon Santos e Luiz Gomes passaram para o público informações desde o plantio, colheita e uso das plantas medicinais, explicando a indicação de cada uma, como erva-cidreira, hortelã, alecrim de vaqueiro, manjericão, menta, dentre outras. Foram distribuídas ainda folhas e mudas para a população, em um total de 12 quilos de plantas medicinais.

A participação do projeto na feira foi encerrada com a oferta de um minicurso, ministrado por Flávia Cartaxo, Teonis Batista e Luana Batista, sobre a produção de fitofármicos, como sabonetes, pomadas e xaropes feitos a partir das medicinais. É importante ressaltar que esses produtos só podem ser comercializados se tiverem o registro da Anvisa. Diante de um público repleto de estudantes e agricultores, foram tiradas dúvidas e passadas orientações também sobre o consumo correto de chás, modo de preparo e quantidade indicada.

A agricultora Antonieta Duet, moradora da Malhada Real, participou pela primeira vez de uma oficina sobre o assunto e revelou que aprendeu bastante. “Amei esse momento. Já cultivo algumas plantas dessas em casa e tenho muito interesse por elas. Ficou a vontade de aprender mais”, afirmou.

Para o organizador da feira, Cristiano Ferreira, é muito importante a participação do Projeto Farmácia Viva. “A ideia da feira é dar um incentivo ao pequeno produtor, buscar conhecimento”, afirmou. O evento foi realizado até o dia 10 de março, com a participação de 25 associações ligadas à agricultura familiar.

O Horto Medicinal Orgânico do campus Petrolina Zona Rural está aberto a visitações e realiza distribuição gratuita de mudas, mediante solicitação.

Fonte: Instituto Federal Sertão Pernambucano (IF Sertão Pernambucano)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF
    (61) 3966-7201
   conif@conif.org.br