LOGO PORT1 LOGO ENGLISH32px LOGO ESP1

Grupo de Pesquisa Design e Estudos Interdisciplinares do Ifal registra coleção no Inpi

Foi a partir do Programa de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibit) que duas alunas do Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores, do campus Maceió, Érica Tenório e Valderis Torres, tiveram a primeira experiência de desenvolvimento de peças mobiliárias.

O projeto “Design e Inovação na produção de estofados personalizados: ideação e experimentação a partir da reutilização de subprodutos”, desenvolvido entre os anos de 2014 e 2015, resultou em uma coleção inteira, de cunho inovador, chamada Eco-raízes-do-Agreste, cujas peças tiveram seus desenhos industriais depositados no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi), em fevereiro passado.

Coordenadora do projeto e uma das responsáveis pela redação das minutas de registro no Inpi, a docente do curso, Áurea Rapôso, explica que a ideia inicial era reaproveitar os insumos secundários ou subprodutos, não utilizados pela indústria moveleira da região Agreste, para propor uma segunda linha de móveis, mas o empenho e o trabalho em conjunto das alunas ocasionaram em peças criativas, que foram compiladas em duas linhas: uma mais orgânica e outra mais retilínea.

Primeiras experiências no desenho de móveis - Apesar de serem de turmas diferentes, as bolsistas disseram que o trabalho marcou o início de suas práticas profissionais. Se Valderis teve a oportunidade de utilizar o conhecimento obtido em sala de aula, nos seus cinco primeiros semestres de graduação, Érica sequer havia visto o conteúdo com que entraria em contato na pesquisa.

“Eu estava no segundo período e participei de uma seleção de desenho. Depois que iniciamos a pesquisa, percebi que iria lidar com coisas que nunca havia trabalhado, na área de desenho e de escrita, e que teria que antecipar parte do conhecimento que iria obter apenas no sexto período”, recordou Érica.

A profissional acrescenta que foi ao realizar as pesquisas e entrar em contato com questões empresariais, que as duas pensaram de forma mais concreta sobre que tipos de móveis poderiam desenhar, sem perder de vista os materiais e elementos componentes que poderiam ser reutilizados na formação de uma nova linha que fosse voltada às empresas que eram tomadas como referências.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Instituto Federal de Alagoas (Ifal)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br