LOGO PORT1 LOGO ENGLISH32px LOGO ESP1

Conif participa de seminário internacional sobre desafios do ensino agrícola

Nos dias 19 e 20 de abril, o reitor do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS), Marcelo Bregagnoli, representou o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), em Santiago do Chile, no Seminário do Ensino Técnico Agrícola França – América Latina: os desafios da formação agrícola para enfrentar os desafios de um mundo em mudança.

O evento foi coordenado pelo Ministério da Agricultura e Alimentação da França com apoio da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Na abertura, foram abordados diversos desafios, entre eles como conquistar os jovens para o ensino agrícola na atualidade, esclarecendo que a formação nessa área não é algo do passado, mas sim do futuro; produzir alimentos mais saudáveis e de forma sustentável; cuidados com o meio ambiente; redução do uso de agroquímicos; intercâmbios e experiências com setor agrícola do Brasil; além do exemplo da fazenda-escola como centro de transferência tecnológica.

Para enriquecer o seminário e contribuir com as discussões, representantes do Brasil, Chile, Colômbia e Cuba apresentaram suas experiências no ensino agrícola. A intermediação foi conduzida pelos franceses, responsáveis pela organização do evento.

Bregagnoli falou sobre educação agrícola na Rede Federal, verticalização do ensino e missões internacionais. Abordou o funcionamento das unidades agrícolas, aulas práticas, projetos em prol da sustentabilidade e agroecologia e pesquisas aplicadas e ligadas ao campo. Compartilhou também a experiência do IFSULDEMINAS com a realização da Olimpíada Brasileira de Agropecuária (Obap), que já está em sua oitava edição e, a partir deste ano, passa a ser uma competição internacional.

Após a apresentação, os países participantes se mostraram interessados em firmar parceria com o Brasil. “Foi perceptível a ansiedade do grupo francês em fortalecer as relações com a Rede Federal”, comentou Bregagnoli.

Cooperação França-Brasil – Diversas possibilidades de parceria entre a França e o Brasil foram levantadas durante o seminário. Uma das ações propostas foi a articulação entre os países para a oferta de cursos de Idiomas. Com a parceria entre a Embaixada Francesa, no Brasil, e o Conif, será possível ofertar cursos de francês nos institutos federais. Assim como os institutos poderão ofertar cursos de português aos franceses, de julho a setembro, no Brasil. “Tais ações de capacitação em ambas línguas fariam parte de um ‘preparatório’ para o Fórum França/Brasil, que será sediado pelo nosso país, em 2019”, disse o reitor.

A comunidade francesa já possui um programa, o International Civic Service, para realização de missões em outros países e pelo qual também recebem estudantes estrangeiros. Podem participar jovens com idade entre 18 e 25 anos para execução de projetos em diversas áreas temáticas, dentro de um prazo de seis a nove meses, visando a melhoria das condições de vida das comunidades atendidas. Com a cooperação entre Brasil e a França, será possível selecionar 15 estudantes das instituições da Rede Federal que terão direito a alojamento, refeições e uma bolsa mensal de 463 euros pagos pelo governo francês. As instituições brasileiras responsáveis pelos estudantes custearão as passagens e o seguro viagem internacional.

A cooperação entre os países para a oferta de estágio aos estudantes foi outra proposta levantada.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS) – adaptada

 

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7202

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF
    (61) 3966-7201
   conif@conif.org.br