LOGO PORT1 LOGO ENGLISH32px LOGO ESP1

Dia Nacional da Biblioteca

No Brasil existem 6.057 bibliotecas públicas, segundo o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNPB), órgão da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania. Ainda de acordo com o levantamento de 2015 da SNPB, a maioria delas está localizada em cidades e municípios das regiões Sudeste (1.957) e Nordeste (1.844). No Sul, esse número fica em 1.293, seguido do Centro-Oeste (501) e do Norte (462).

Independentemente da categorização – públicas, comunitárias ou especializadas –, os diferenciais das bibliotecas estão na qualidade e na quantidade do acervo disponibilizado, além da infraestrutura. São ambientes de compartilhamento de conhecimento que, quando instalados nas escolas, vão além do fomento à leitura; servem também para a integração e aprendizagem de professores e alunos.

Desde o início do século XIX, quando a Biblioteca Pública do Estado da Bahia abriu as portas, sendo a primeira do País a funcionar, esses locais passaram por várias transformações. A mais recente foi a adaptação à era digital, inclusive dos bibliotecários que, igualmente, estão se adequando ao contexto e passam a atuar como gestores de dados. O Conselho Federal de Biblioteconomia registra 34 mil profissionais da área no Brasil, dos quais cerca de 18 mil estão em atividade.

Na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, as instituições adotam iniciativas para manter as bibliotecas acessíveis e atraentes em tempos de comunicação informatizada. O Instituto Federal do Paraná (IFPR), por exemplo, passou a oferecer acervo virtual aos usuários no início deste ano. São mais de sete mil obras de diferentes selos editoriais.

De acordo com a Coordenadoria-Geral de Bibliotecas (CGB) do IFPR, o novo serviço traz diversos benefícios, dentre eles a mobilidade de acesso em qualquer suporte (desktop, tablets e smartphones); recursos interativos (busca avançada, ferramenta de anotações, seleção de livros favoritos, impressão de páginas, download de conteúdo); integração com softwares para pessoas cegas e uma sala virtual – espaço digital integrado com o livro, onde é disponibilizado material de apoio específico para docentes e estudantes.

A comunidade acadêmica do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) também vai contar com uma Biblioteca Digital a partir de 2019. Para isso, foram adquiridas três licenças: Minha Biblioteca, Biblioteca Virtual e Evolution, que contemplam centenas de títulos de diversas áreas do conhecimento e editoras.

“A Biblioteca Digital promove a inclusão, pois pode ser integrada a softwares de acessibilidade, principalmente os que se destinam a deficientes visuais. A aquisição desse acervo digital propicia a atualização permanente de títulos (sem custo adicional) e a otimização de recursos materiais, destacando-se a diminuição do consumo de papel e redução do investimento no espaço físico e na compra de livros impressos”, explicou o pró-reitor de Ensino do IFRS, Lucas Coradini.

Com informação das Assessorias de Comunicação dos Institutos Federais do Paraná (IFPR) e do Rio Grande do Sul (IFRS)

Bárbara Bomfim

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7204

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br