LOGO PORT1 LOGO ENGLISH32px LOGO ESP1

Presidente do Conif acompanha reuniões do Forpog e do Forproext

CNF 0134O presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Jerônimo Rodrigues da Silva, participou, nesta quinta-feira, 4/4, do último dia de atividades dos Fóruns de Pró-Reitores de Inovação e Pós-Graduação (Forpog) e de Extensão (Forproext). Os dois grupos tiveram pautas em comum com a participação de representantes dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs). Os encontros ocorreram nesta semana no campus Brasília do Instituto Federal de Brasília (IFB).

A agenda conjunta faz parte da estratégia adotada pela atual gestão do Conif. “Nós fazemos parte de uma rede complexa e ativa. Precisamos pautar o nosso trabalho da mesma maneira”, defendeu o presidente, que é reitor do Instituto Federal de Goiás (IFG). “A interlocução entre os fóruns nos fortalece e, pelo que temos ouvido, é uma atividade assertiva e que foi bem aceita”, disse.

Atento às demandas apresentadas pelos órgãos de assessoramento do Conif, o presidente ressaltou o trabalho que vem sendo realizando na relação com parlamentares e o Governo Federal em busca de apoio para as instituições. “Temos que ser criativos neste momento de cortes. Estamos lidando com uma projeção orçamentária para 2019 semelhante a que encontramos em 2008/2009, antes da expansão”, disse.

Os diálogos com os grupos foram acompanhados pelo vice-presidente Administrativo do Conif, Virgílio Augusto Sales Araripe, reitor do Instituto Federal do Ceará (IFCE), que destacou a importância dos dois fóruns. “É indiscutível o papel de cada um para o fortalecimento da Rede Federal”, afirmou.

O coordenador do fórum, Renato Tannure Rotta de Almeida, do Instituto Federal do Espirito Santo (Ifes), ressaltou que a atuação conjunta contribui para evitar retrabalhos dentro da Rede e parabenizou o Conif pela visão estratégica. A coordenadora do Forpog, Ana Paula Palheta Santana, afirmou que o diálogo sobre o fortalecimento da inovação tem sido muito importante.

Os resultados dos debates de ambos os fóruns serão encaminhados ao Conif e discutidos na próxima reunião do colegiado, 9 a 11 de abril, em Maceió (AL).

 

Marcus Fogaça

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7203

Mestrado e Doutorado Profissional são pautas em reunião na Capes

O método de avaliação dos cursos de pós-graduação ofertados pelos Institutos Federais e Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), bem como a liberação de bolsas de mestrado e doutorado profissional, nortearam a reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), nessa terça-feira, 20/6, em Brasília.

Representando o Conif, a diretora de Relações Institucionais, Maria Clara Kaschny Schneider, destacou a importância de o processo de avaliação dos cursos na modalidade profissional serem conduzidos com parâmetros distintos aos de base acadêmica. “O mestrado e o doutorado profissional qualificam o pesquisador para o mercado de trabalho, atendendo às demandas da sociedade”.

Ela também enfatizou a necessidade da elaboração de uma proposta de mestrado para os técnico-administrativos (TAEs) da Rede Federal. “Apoiamos a qualificação dos nossos servidores e estamos trabalhando para ofertarmos a pós-graduação também aos TAEs”, disse.

Doutorado profissional – O Ministério da Educação (MEC) divulgou na Portaria nº 389, de 23 de março de 2017, a modalidade de doutorado profissional, até então inexistente no Sistema Nacional de Pós-Graduação.

De acordo com a diretora de Avaliação da Capes, Rita Barradas Barata, a intenção é elaborar diretrizes de avaliação para o doutorado profissional que sejam normativas, porém com regras simples. “Em um primeiro momento teremos critérios semelhantes ao do doutorado acadêmico, mas entendo a realidade de cada instituição”.

Como encaminhamento, será instituído Grupo de Trabalho (GT), no segundo semestre de 2017, com representantes da Capes, da Câmara de Pesquisa e Inovação do Conif e do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Forpog), com o objetivo de aperfeiçoar as técnicas de análise dos programas de pós-graduação nas modalidades de mestrado e doutorado profissional.

O secretário-executivo do Conif, Alexandre Bahia, também participou da reunião.

Nívea Furtado

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7202/ 3966-7203

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br