LOGO PORT1 LOGO ENGLISH32px LOGO ESP1

Presidente do Conif destaca parcerias internacionais na 9ª edição da OBAP

CNF 0367A Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP) deste ano ganhou cara nova. Pela primeira vez, em nove edições, ela foi realizada fora da região sudeste e recebeu 21 equipes estrangeiras, vindas de seis países pertencentes à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e da América do Sul, além das 30 equipes nacionais que disputaram na modalidade Técnico Integrado e 10 equipes para concorrer na modalidade Técnico Subsequente.

Foz do Iguaçu foi escolhida como sede da disputa realizada pelo Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS), neste ano, em parceria com o Instituto Federal do Paraná (IFPR). A competição terminou no sábado, 28/9, com cerimônia de premiação e encerramento no auditório da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

“Robustão Capixaba”, equipe do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), obteve a maior pontuação na modalidade Técnico Integrado ao Ensino Médio e a equipe “Udi Agro”, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), levou o primeiro na modalidade subsequente. Entre os competidores internacionais, “Martin Fierro”, da Escuela de Educación Secundária Agrária Número 1 de Arrecifes, na província de Buenos Aires, ficou com a melhor colocação.

CNF 0638Idealizador da competição e reitor do IFSULDEMINAS, o professor Marcelo Bregagnoli mostrou-se satisfeito com os resultados. “Esta foi uma edição especial e desafiadora por muitos motivos. Estamos muito satisfeitos com as entregas dos competidores e com as prospecções internacionais que conseguimos fazer”, disse.

O balanço positivo também foi feito pelo reitor do IFPR, Odacir Antônio Zanata. “A OBAP nos traz uma importante perspectiva de desenvolvimento para o estado do Paraná, que é bastante agrícola. Aqui, todos os nossos 26 campi têm cursos com ligação com a agropecuária. Receber o evento nos anima. Ficamos satisfeito com a grandiosidade de tudo que vimos”, afirmou.

O presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e reitor do Instituto Federal de Goiás (IFG), Jerônimo Rodrigues da Silva, ressaltou sua satisfação. “A OBAP é a cara da Rede Federal. Mais de um terço dos nossos campi tem ligação com a agropecuária e estão todos representados aqui”.

Ainda durante seu discurso, Jerônimo chamou atenção para o formato internacional da competição e disse que esse tipo de parceria fortalece as instituições. “Temos, sim, que priorizar as parcerias com países sul-americanos e de língua portuguesa. Já somos uma rede, mas com essa cooperação entre países irmãos seremos uma rede ainda maior e mais forte. Todos que participaram da olimpíada estão de parabéns e são vitoriosos”, destacou.

A OBAP é uma olimpíada científica que reúne estudantes de cursos técnicos em agropecuária e áreas afins. O objetivo é estimular os estudantes a ingressarem no universo técnico-científico, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, de cooperação e de integração.

As provas da olimpíada colocam os estudantes em situações desafiadoras que exigem trabalho em grupo, além de conhecimento e habilidades técnicas. “Fiquei impressionado com o evento. Contem comigo para continuar a desenvolver projetos inspiradores como esse”, ressaltou o diretor de Desenvolvimento da Rede Federal, Tomas Dias Santana.

CNF 0002O Diretor de Inovação Tecnológica para Pequenos Produtores e Escolas Agro do Ministério de Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina (Mapa), Lucas Amadeo, agradeceu a hospitalidade brasileira e elogiou o modelo da competição. “É uma oportunidade criar laços profundos entre os países para fortalecer a produção de alimentos. Vocês, estudantes, serão os responsáveis por estreitar esses laços entre os países”, disse.

Também participaram da cerimônia o Chefe do Departamento de Gestão Pedagógica de Bacharelado Técnico do Ministério da Educação do Paraguai, Emilia Rotela, e o diretor do Instituto Técnico da Angola, Antonio Joaquim Sapalo.

A competição – Ao todo, competiram, desde a primeira fase, quase três mil estudantes de 133 instituições das redes federal, estadual, municipal e privada. Na fase final, participaram 61 equipes, sendo 30 na categoria Ensino Técnico Integrado, 10 na modalidade Ensino Técnico Subsequente e 21 na modalidade Internacional – Angola, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

O primeiro dia da fase presencial da 9ª OBAP foi marcado pela realização da prova teórica, composta por 20 questões objetivas e duas questões discursivas. No segundo dia, as equipes se revezaram para realizarem três provas, duas em campo e uma em laboratório.

Seletivas IESO – Os competidores da equipe “Robustão Capixaba”, vencedora na modalidade Técnico Integrado ao Ensino Médio, serão convidados a participar da seletiva que vai formar o time brasileiro para competir na Olimpíada Internacional de Ciências da Terra (IESO), que, em 2020, será realizada na Rússia. “É muito bom vencer. Ano passado participamos da OBAP e não ganhamos nada. Este ano, treinamos mais, vimos em que poderíamos melhorar e o resultado foi este. Vamos continuar treinando para poder representar o Brasil na IESO”, afirmou a professora Renata Clipes, do Ifes, orientadora da equipe.CNF 0689

Parcerias e apoio – A olimpíada contou com o patrocínio do Governo Federal, dos Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Itaipu Internacional e da Cooperativa Regional de Cafeicultores de Guaxupé (Cooxupé). Apoiaram a iniciativa a Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conif. A comissão técnica contou com docentes dos institutos federais do Sudeste de Minas Gerias (IF Sudeste MG) e de São Paulo (IFSP), além do IFSULDEMINAS e do IFPR. A competição ainda recebeu apoio técnico de intercambistas do IFSULDEMINAS e de estudantes do IFPR, do curso de Engenharia de Aquicultura.

Marcus Fogaça

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7230

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF – Brazil

       ​Secretariat Executive
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Social Communication and Events Advisory
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​International Relations Advisory
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br