Internacionalização possibilita mobilidade acadêmica nas instituições de ensino

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em um mundo cada vez mais globalizado, a internacionalização tem beneficiado o relacionamento entre nações, proporcionando a troca de ideias, conhecimento e cultura. O diálogo com instituições de ensino profissional de vários países possibilita a crescente oferta de intercâmbio para estudantes e servidores dos Institutos Federais, dos Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) e do Colégio Pedro II.

Nesse contexto, a mobilidade acadêmica é uma das pautas prioritárias para o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que busca oportunidades para formar jovens cada vez mais preparados para o mercado de trabalho. 

A convite do governo da Austrália, o diretor Administrativo do Conif, Wilson Conciani, reitor do Instituto Federal de Brasília (IFB), visitou na última semana instituições de educação profissional do Estado de Queensland com representantes do Chile, da China, da Índia, da Indonésia, do Japão, do México, da Coréia do Sul e de Taiwan. Além de conhecer a estrutura física das entidades de ensino, as delegações participaram de conferências, debates, oficinas e palestras sobre as boas práticas vivenciadas nas escolas australianas.

Para Wilson Conciani, a valorização da educação profissional para o desenvolvimento econômico daquele país merece destaque. “O governo australiano trata como prioridade o ensino profissionalizante, as aulas práticas e a formação do estudante para o mundo do trabalho”, ressalta.

De acordo com o diretor Administrativo do Conif, após tratativas com várias instituições australianas existe a possibilidade de viabilização de acordo bilateral para a elaboração de projetos de pesquisa, de extensão e de mobilidade acadêmica.

Dados – Segundo o Governo Federal, o Brasil é o segundo país que mais envia estudantes para a Austrália. Até 2015, mais de 6 mil brasileiros estudaram em instituições australianas nos mais variados níveis do ensino.

 

Nívea Furtado

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7202 / 3966-7203

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF
    (61) 3966-7201
   conif@conif.org.br