Estudantes de Biotecnologia participam da 14ª Olimpíada Brasileira de Biologia

Estudantes do Instituto Federal do Acre (Ifac), dos 2º, 3º e 4º anos do curso técnico Integrado em Biotecnologia, do campus Xapuri, participaram da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB), no último sábado (24.02). Os jovens desenvolveram uma prova contendo 30 questões objetivas e agora aguardam resultado para poderem participar da fase seguinte, no Instituto Butantan, em São Paulo.

De acordo com as professoras Tatiane Clem e Tatiane Silva, a Olimpíada Brasileira de Biologia tem o objetivo de diagnosticar o desempenho dos alunos, além de ser um norteador para a forma de ensino dos docentes e também da instituição. Segundo elas, a prova ainda contribui para que os estudantes busquem conhecimento e analisem as áreas da Biologia em que possuem dificuldades e facilidades, podendo até mesmo servir como treinamento para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Nós divulgamos a OBB em nosso campus e os alunos abraçaram a causa, mesmo a prova sendo aplicada em um sábado e este não sendo contado como dia letivo. Ficamos muito felizes com a dedicação e empenho deles. Sabemos que esta é uma excelente oportunidade para testarem seus conhecimento e para nós, como professoras, repensarmos nossas práticas docentes”, ressaltou Tatiane Clem.

Conforme explica a docente Tatiane Silva, a ideia de fazer a inscrição do campus Xapuri para participar da Olimpíada surgiu como forma de contribuir para o processo de ensino-aprendizagem dos estudantes. “Eu e a professora Tatiane Clem quase que diariamente conversamos sobre como podemos ajudar nossos alunos no processo de aprendizagem e, curiosamente, no início deste semestre tivemos a mesma ideia de pesquisar sobre a OBB.”

Sobre a participação dos estudantes em Xapuri, Tatiane Silva acredita que com o passar dos anos, a procura pela OBB seja cada vez maior no Ifac. “Apesar de uma modesta participação dos nossos discentes, acreditamos que nos anos sequentes esta procura será cada vez maior, dado que a prova serve como um termômetro do desempenho acadêmico”.

Conforme orientação da OBB, as provas deverão ser corrigidas pelas docentes do campus Xapuri, que também são responsáveis pelo lançamento dos acertos e cadastro de cada aluno participante da competição. “Vamos nos reunir com os estudantes que fizeram a prova para fazermos a correção das questões. Dessa forma, eles terão a oportunidade de aprenderem um pouco mais”, destacou Tatiane Silva.

Com a aprovação na primeira fase, os alunos do Ifac seguem na competição. A segunda fase será realizada no Instituto Butantan e os jovens participarão de aulas práticas e teóricas durante uma semana. Os estudantes com melhor desempenho nestas atividades seguirão para a terceira fase e poderão representar o país na Olimpíada Internacional de Biologia.

Fonte: Instituto Federal do Acre (Ifac)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br