IFS fica em 1º lugar entre órgãos do MEC em medidas de proteção contra ataques cibernéticos

capa2A Coordenadoria de Segurança da Informação (COSEG) e a Coordenadoria de Infraestrutura e Manutenção de Redes (COIMR) do Instituto Federal de Sergipe (IFS) foram reconhecidas pela Secretaria de Governo Digital (SGD) por implementar 15 das 17 estratégias de segurança da informação, com o intuito de minimizar vulnerabilidades e ataques cibernéticos. Com isso, a instituição alcançou a 3ª posição entre todos os órgãos do Poder Executivo que possuem Tecnologia da Informação e do Sistema de Administração de Tecnologia da Informação (Sisp) no Governo Federal.

O feito garantiu ao IFS também o 1º lugar entre todos os Institutos e Universidades Federais, sendo o 1º no Ministério da Educação (MEC) que implementou estratégias para minimizar vulnerabilidades que sirvam de acesso para hackers e ataques de ransomware, caracterizado como ações maliciosas para criptografar arquivos ou banco de dados de instituições, a fim de exigir um “resgate” em troca da descriptografia de arquivos cifrados.

O Gabinete de Segurança Institucional do Governo emitiu um alerta especial para prevenção de incidentes cibernéticos e fez recomendações para os ambientes de internet, intranet, monitoração, servidores e backup. O diretor de Tecnologia da Informação do IFS, Ricardo Rabelo, explica que ainda é necessária uma ação em cada Coordenadoria de Tecnologia de Informação de cada campus da instituição de ensino. No entanto, a implementação das medidas de proteção a ataques de hackers e ransomware foi de fundamental importância.

“Os setores já vêm tralhando proativamente nas ações de proteção para manter um ambiente seguro dentro do contexto do teletrabalho. Essa extensão do IFS dentro das residências dos servidores gera subsequentes vulnerabilidades devido ao novo ambiente sem controle efetivo das áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do IFS. Desta forma, ações protetivas, monitoramento, e controle, seja de acesso ou de uso, são parte das ações que fomentam esse modelo de trabalho remoto”, ressalta Ricardo.

Estão na seleta lista de servidores do IFS reconhecidos pela SGD: Demair Ramos, Eduardo Carianha, Itauan Ferreira e João Santos (COSEG); Alex Soares, Jadson Santos, Jefferson Santos e Miguel Seixas (COIMR).

Fonte: Matéria originalmente publicada no site do Instituto Federal de Sergipe (IFS)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br