Empresa Júnior de Engenharia alcança melhor desempenho desde a fundação

ifsA Empresa Júnior de Engenharia Civil (Sercivil) do Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância alcançou ano passado o melhor desempenho desde a sua fundação, em 2017. As dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19 foram o combustível para que jovens empreendedores buscassem alternativas inovadoras e criativas para superar desafios, prospectar novos clientes e oferecer um serviço diferenciado.

Mesmo diante da crise sanitária internacional, a Sercivil não só alcançou a meta de faturamento, como desenvolveu projetos de impacto que atingiram um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, as chamadas ODS da ONU, relativas a práticas sustentáveis nas áreas social, econômica e ambiental. O ótimo desempenho rendeu os prêmios Empresa Destaque 2020 e Empresa com a Melhor Vivência Empresarial, concedido pela Federação Sergipana de Empresas Juniores.

Segundo o presidente da Sercivil no biênio 2019/2020, Raí Augusto dos Santos, 22 anos, os projetos conseguiram NPS 10 (Net Promoter Score) - a nota máxima na escala de qualidade dos serviços prestados e de fidelização dos clientes. “Em meio a uma pandemia, a um momento delicado em relação a produtividade e inteligência emocional dos colaboradores, a gente conseguiu ter o melhor ano da empresa em toda sua história”, comemorou.

A primeira iniciativa pós-pandemia foi repensar o planejamento estratégico e cuidar da equipe. “Passamos um tempo trabalhando a cultura da empresa e implementando ferramentas ágeis para que todos os processos pudessem ser de forma virtual. Nos conectamos ainda mais uns com os outros, com gamificações, a exemplo de jogos, happy hour e filme online em grupo. Após fortalecer o time, partimos para atuar e prospectar clientes”, explicou Raí Augusto.

Dentre as realizações da Sercivil, estão: capacitação para os trainees aprovados no processo seletivo interno com o objetivo de desenvolver habilidades técnicas e interpessoais; capacitação para os estudantes de Engenharia Civil, que abordou temáticas complementares aos conteúdos vistos em sala de aula; parceria com o Núcleo de Apoio ao Estágio (NAE) do IFS para contribuir com a formação profissional dos alunos; aquisição de treinamento completo e consultoria de vendas para todos os colaboradores. 

Receptividade

Os estudantes do campus foram receptivos às ações promovidas pela Empresa Júnior, sobretudo num contexto em que o isolamento social e a suspensão do calendário acadêmico criaram um clima de ansiedade e incerteza. “Achei a postura da Sercivil muito interessante. Mesmo na pandemia, eles não deixaram se abater, estiveram sempre juntos, foram atrás, bateram suas metas e realizaram diversas capacitações e atividades de integração. Participei de alguns cursos, que foram muito pertinentes para minha formação e aprendi bastante”, reconheceu a aluna Nayara Bispo Barros, 30 anos.

Nova gestão

No mês passado ocorreu a eleição da nova diretoria para o ano 2021, que será inteiramente comandada por mulheres. A atual gestão é formada pelas alunas do curso de Engenharia Civil Mayra Alves Cravo (diretora presidente), Renata Santos Almeida da Cruz (diretora comercial), Taiane Aparecida Santos Torres (diretora de gestão de pessoas), Milena Carolaine Bispo Santos (diretora de marketing), e Odaiana de Jesus da Hora (diretora administrativa financeira).

Conheça a Sercivil

A Sercivil do IFS – Campus Estância foi criada em maio de 2017 por jovens engajados e talentosos com o objetivo de impulsionar o empreendedorismo, a vivência empresarial e a experiência prática. A empresa oferece serviços como levantamentos cadastrais, projetos arquitetônicos, complementares e topográficos, orçamento e planejamento de obras e licenciamentos ambientais, que têm o selo de qualidade certificado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores, instância superior que incentiva as boas práticas empresariais.

A Empresa júnior é uma associação civil sem fins lucrativos e com fins educacionais formada por estudantes do ensino superior ou técnico, regulamentada pela Lei 13.267/16. Os empresários juniores têm a oportunidade de entrar em contato com os desafios do mercado de trabalho e contam com o apoio dos professores do curso sempre que surgem problemas a solucionar. O movimento surgiu em 1967 na França e veio para o Brasil em 1988 com a meta de formar pessoas comprometidas e capazes de transformar o país.

Fonte: Matéria originalmente publicada no site do Instituto Federal de Sergipe (IFS)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br