Professor do IF Goiano é único brasileiro finalista no “Nobel da Educação”

MatticsO professor do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) - Campus Avançado Ipameri Greiton Toledo de Azevedo é um dos 50 finalistas do Global Teacher Prize (GTP), considerado o Nobel da Educação. Ele é o único brasileiro entre os finalistas e o Brasil nunca ganhou esse prêmio. A final ocorre no mês de novembro.

Greiton foi escolhido entre milhares de submissões de 121 países, em reconhecimento à sua contribuição e dedicação como professor da Educação Básica. Caso seja vencedor, receberá  US$1 milhão para ser aplicado em seu projeto de extensão.

O professor é o idealizador do Mattics, que busca combinar nas aulas conhecimentos de matemática, robótica e jogos digitais, criando aplicações com materiais de baixo custo voltadas ao tratamento de sintomas da doença de Parkinson. Com isso, o estudo de matemática tem mais sentido, contexto e uma aplicação social.  

“A sala de aula é um lugar de invenção, de respeito e de diálogo. Em vez de provas, os estudantes são encorajados a serem cientistas nas aulas de matemática”, conta Greiton. O projeto do IF Goiano é realizado no Campus Ipameri e em uma escola pública municipal de Senador Canedo, na região metropolitana de Goiânia. O material utilizado nas aulas é disponibilizado em um hospital público voltado a idosos, em Anápolis.

A inovação no ensino da matemática levou a resultados importantes. A evasão dos estudantes da escola municipal foi reduzida de 25 para 0,8% em 2014/2015. Além disso, 85% dos seus alunos foram aprovados em universidades e mais de 50 alcançaram, entre 2016 e 2019, alta pontuação em olimpíadas de matemática e torneios de robótica. Por isso, já ganhou vários prêmios, entre eles o Professor Nota 10, da Fundação Victor Civita e o Creative Learning do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Estados Unidos.

O professor explica que foi tomado por um imenso teor de responsabilidade com o novo reconhecimento. Para chegar até aqui, enfrentou barreiras como a falta de recursos e preconceitos da profissão para graduar, especializar, fazer mestrado e cursar doutorado em matemática em universidades públicas prestigiadas. “Sou apenas um dos milhares de professores e cientistas brasileiros que lutam com todas as forças e acreditam em seus alunos, na sua escola e no ensino de matemática para a transformação do nosso país”, finaliza.

Fonte: Matéria originalmente publicada no site do Instituto Federal Goiano (IF Goiano)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br