Estudantes do IFMA participam de intercâmbio em Portugal

03Na quinta-feira (23 de outubro), treze estudantes do IFMA embarcaram para Portugal, para atividades de formação pelo Programa The Route, do Instituto Politécnico do Porto (IPP). Sob coordenação do professor Carlos Ramos, o intercâmbio terá duração de dez semanas, seguindo a linha de trabalho de outra iniciativa de sucesso coordenada pelo IPP: o Programa LAPASSION/ERASMUS+.

“A realização desta viagem é um dos estágios do processo de internacionalização, que começa na compreensão de que Instituto nós somos, qual o nosso perfil, e qual Instituto queremos ser no mundo”, destacou Vilton Soares, da Diretoria de Relações Internacionais (DIRI) do IFMA. O diretor informou que as ações na área compreendem ainda etapas de prospecção de parcerias internacionais, além da análise de iniciativas propostas pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF). Segundo Vilton Soares, as ações envolvem tanto o planejamento do setor quanto negociações internas que ocorrem entre a DIRI e a Pró-reitoria de Extensão (PROEXT), à qual está vinculada, e demais pastas da alta gestão do Instituto.

LAPASSION (programa em que se baseia o The Route) é o acrônimo para Latin-America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network (Práticas e Habilidades Sociais na América Latina para uma Rede Orientada para a Inovação). Este é um projeto baseado na mobilidade de estudantes de ensino superior com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de programas de inovação, e envolve a parceria de 15 instituições (ver relação no fim do texto) de ensino e/ou pesquisa na Europa (Portugal, Espanha e Finlândia) e América Latina (Brasil, Uruguai e Chile).

No Brasil, o programa envolve o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), além de cinco Institutos Federais: do Amazonas (IFAM), do Maranhão (IFMA), de Goiás (IFG), do Triângulo Mineiro (IFTM), e Sul-rio-grandense (IFSul), sendo este último responsável pela edição 2021. O IFMA tem participação por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPGI), que conduziu a seleção de alunos de graduação para o estágio, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT), através da Diretoria de Relações Internacionais (DIRI).

Com foco na mobilidade estudantil internacional, o Programa revela as boas práticas por meio de projetos multidisciplinares, enfatizando também o desenvolvimento de habilidades sociais (soft skills) e não apenas a solução dos desafios propostos. O principal método de trabalho é a chamada “aprendizagem baseada em projetos” (Project Based Learning – PBL). De fato, os participantes buscam responder a questões cruciais do tipo “Como contribuir para uma sociedade mais inclusiva e sustentável?” As atividades das equipes, formadas por estudantes de diversas áreas e países, em nível de graduação e de pós-graduação, serão conduzidas em inglês, com o uso da plataforma DISCORD (semelhante ao Google Meet).

Referindo-se aos projetos que serão desenvolvidos pelos estudantes intercambistas, Vilton Soares manifestou a satisfação por potencializar a construção e o desenvolvimento de pesquisas de ponta. “Esta viagem trará alunos com a semente da internacionalização, e que deve frutificar em outros estudantes e na própria instituição”, afirmou o gestor, observando que, ao retornarem ao Maranhão, os alunos contribuirão para a divulgação das iniciativas de internacionalização no IFMA, através de atividades como painéis, apresentações, tutorias para novas pesquisas, tendo como foco a comunidade acadêmica de todos os campi do Instituto.

Os estudantes selecionados deveriam ter feito a viagem de estudos em 2020, período que coincidiu com o início da pandemia da Covid-19. Em razão das medidas de controle sanitário, a viagem foi suspensa até que se alcançasse o mínimo de segurança para os alunos. Com o andamento das vacinas no país e a abertura de Portugal para a entrada de brasileiros, em julho de 2021, programou-se o retorno das atividades dos intercambistas, muitos já com passagens compradas e gastos realizados. A viagem ganhou destaque no noticiário local voltado para a divulgação da produção científica no Maranhão.

Antes da suspensão da programação com a turma atual, o IFMA já tinha enviado intercambistas para participarem dos programas do IPP. Em edições anteriores do LAPASSION/ERASMUS+, o Instituto teve destaque com pesquisas de relevante impacto social, como é o exemplo de uma plataforma para conectar vítimas de violência doméstica com instituições de suporte, em 2019.

Ao finalizar cada edição, os organizadores promovem o DEMO DAY (Dia de Demonstração), evento no qual startups apresentam negócios aos investidores. O IFMA acolheu o DEMO DAY em 2019.

Instituições parceiras

Brasil: CONIF, Institutos Federais de Goiânia, Manaus, Maranhão, Uberaba e Pelotas

Chile: Fundación Instituto Profesional DUOC UC / Pontificia Universidad Catolica de Chile

Uruguai: Universidad de la Republica / Universidad Tecnológica del Uruguay

Espanha: Universidad de Vigo / Universidad de Salamanca

Finlândia: Tampereen Ammattikorkeakoulu Ou

Portugal: Associação Empresarial de Portugal / Instituto Politécnico do Porto

Fonte: Matéria originalmente publicada no site do Instituto Federal do Maranhão (IFMA)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br