Reditec 2020: palestra de abertura analisa cenário político da Educação

Palestra aberrtura reditecTeve início nesta segunda-feira, 05, a 44ª Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec 2020). Logo após a solenidade de abertura, foi realizada a palestra “Análise de cenário e conjuntura política da Educação”, ministrada pelo professor, cientista político e deputado federal Israel Batista (PV-DF), em conjunto com o docente, consultor e analista de risco político Creomar de Souza. A moderação da mesa foi feita pela reitora do Instituto Federal do Acre (Ifac) e vice-presidente de Relações Parlamentares do Conif, Rosana Cavalcante.

Em sua análise sobre a conjuntura política da educação, o cientista político e deputado federal, professor Israel Batista, destacou alguns impactos positivos da pandemia na educação. Com referência à pesquisa do Instituto Península, ele citou aspectos como a reintegração da família ao ciclo escolar, a adaptação das escolas para o ensino híbrido e a melhoria da imagem do trabalho docente na percepção da sociedade. Mas, lembrou que a crise escancarou desigualdades regionais e sociais, especialmente com a diferença de acesso à tecnologia e internet entre escolas públicas e privadas. 

O professor Israel Batista também ressaltou a importância da aprovação do novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que precisa ser regulamentado até dezembro. “A nossa esperança é que com essa indução de melhoria, com o tempo, a gente aprenda algumas das técnicas dos institutos federais e possa aproximar um pouco as nossas escolas estaduais e municipais da Rede Federal de Ensino. Nós não podemos nos esquecer que o Brasil já tem um modelo de educação que deu certo. Se desvincularmos a Rede Federal do restante da rede de ensino brasileira e aplicarmos a prova do PISA apenas às escolas da Rede Federal, seríamos considerados o nono país com a melhor educação do mundo”.

Já o profissional de Relações Governamentais e analista político, Creomar de Souza, apresentou como desafios para o atual cenário da educação, além da pandemia, a falta de crescimento econômico, o desemprego e endividamento da população, o excesso de informações e a degradação da percepção do valor da educação como um elemento de resolução dos problemas. Para o cientista, para defender os interesses dos institutos, é necessário fortalecer as coalizões institucionais. “O caminho é a construção de uma grande coalizão política. Ações em paralelo enfraquecem a força de coalizão”, afirmou o analista. 

Reditec 2020 - A Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica é organizada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Com o tema “Contribuições, perspectivas e transformações da Rede Federal para os contextos de pandemia e pós-pandemia”, a Reditec 2020 segue até 8 de outubro, quinta-feira, com atividades sendo transmitidas pelas páginas oficiais do Conif no YouTube e Facebook.

Texto: Bianca Brito (IF Baiano)
Edição: Cristina Mascarenhas (IF Baiano)

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br