Igualdade racial é pauta na Rede Federal durante a semana da Consciência Negra

image 2Na próxima sexta-feira (20/11), será celebrado o Dia da Consciência Negra e, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, volta sua atenção para os debates envolvendo a igualdade racial. O tema tem mobilizado diversas instituições, que estão promovendo mostras culturais, palestras, debates, entre diversas outras ações voltadas para a cultura afro-brasileira.

Em alguns casos, as atividades serão desenvolvidas no decorrer de todo o mês e são, em geral, virtuais e abertas ao público. O presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Jadir Jose Pela, destaca que a discussão do tema auxilia na desconstrução do racismo estrutural e dá visibilidade à comunidade negra.

“As atividades nascem para despertar nos nossos servidores e discentes reflexões sobre as relações étnico-raciais em nossas instituições e na sociedade. Ainda tem muito a ser feito. Vale lembrar que a Rede Federal não trata desses assuntos apenas nesse período. Há ações que são feitas durante todo o ano devido sua importância social”, diz Jadir, que também é reitor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

De acordo com a Plataforma Nilo Peçanha, do Ministério da Educação (MEC), mais de 83% dos estudantes da Rede Federal se identificam como pardos ou pretos. “Ao olhar para o Dia da Consciência Negra, temos que entender que estamos falando sobre representatividade. A Rede é inclusão”, finaliza o presidente do Conif. 

A Lei nº 12.519/2011, que oficializou 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra, tem apenas nove anos. Também é recente a Lei 10.639/03, alterada pela 11.645/08, que tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio.

Vale lembrar ainda que a escolha da data – 20 de novembro -  é uma referência à morte de Zumbi dos Palmares, um dos maiores líderes quilombolas do país. Zumbi comandou o Quilombo dos Palmares, localizado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, por quase 15 anos. Ele é um dos principais nomes da resistência contra a escravidão no Brasil.

Veja a programação das atividades alusivas ao Dia da Consciência Negra na Rede Federal. Acesse os links:

Região Norte

- No dia 17 de novembro, a partir das 15 horas, pelo Google Meet, o IFRR irá promover o projeto De Bem com a Vida.

Região Nordeste

- O IFPE promove o II Encontro dos Povos, nos dias 18 e 20 de novembro. Com o tema “Povos e Etnias no Mundo do IFPE”.

- O IFMA está com inscrições abertas para a Semana da Consciência Negra, nos dias 19 e 20 de novembro, com o tema “Baixada Maranhense: lugar de resistência negra”.

- As atividades do IF Baiano vão se estender por todo o mês, com debates sobre gênero, raça e saúde da população negra, por exemplo.

- O evento promovido pelo IF Sertão-PE irá discutir o racismo no serviço público. O encontro será na próxima sexta-feira (20).

- Na quarta-feira (18), a partir das 19h, o Ifal irá promover a live "De Palmares à Palmares: a tentativa de desmonte dos movimentos afro-brasileiros", em seu Instagram.

Região Centro-Oeste

- Entre os dias 24 e 27 de novembro, acontecerá a Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça do IFB, sempre das 16 às 18 horas.

- O IFMT promoveu um concurso de poesia entre estudantes e servidores, com o tema "Consciência Negra". Os textos vencedores serão conhecidos no dia 18.

- O IFG vai realizar seu IV Encontro de culturas negras e seu VI Seminário de educação para as relações étnico-raciais, no período de 19 a 21 deste mês de novembro. 

"Vidas negras importam - a urgência do combate à necropolítica" é o tema da X Semana da Consciência Negra do IFMS. O evento segue até o dia 21.

Região Sudeste

- O IFTM irá promover o I Seminário Indígena e Afro-brasileiro, nos dias 17 e 18 de novembro, com transmissão pelo canal oficial da instituição no YouTube.

- Realizado desde 2013 pelo IFF, o “Novembro Negro” será realizado de 16 a 19 de novembro com palestras, minicursos, mesas-redondas e atrações culturais.

- O Fórum dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do Ifes (Foneabi) organizou uma série de ações pedagógicas em diversos campi.

- Novembro Negro do IFSULDEMINAS contará com palestras e mesa-redonda sobre Educação e Representatividade, festival de curtas-metragens, entre outras atividades.

Em celebração a data, no dia 20 de novembro serão realizadas duas lives da série "Sangue IndiAfro", no Instagram do Colégio Pedro II.

Região Sul

- Diversos campi do IFRS estão promovendo uma série de atividades denominada Novembro Negro. As atividades vão até o fim do mês.

- O IFSC fará lives sobre racismo estrutural. Ao todo, serão três encontros que serão transmitidos pelo YouTube.

Assessoria de Comunicação do Conif
Texto: Marcus Fogaça
Foto: Arquivo/Gildo Júnior/IFRR
Revisão: Fernanda Torres

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br