Conif e Cisco vão ampliar acesso da Rede Federal ao Cisco Networking Academy nos próximos anos

cisco3O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e a Cisco lançaram, nessa quinta-feira (11/3), uma parceria que vai resultar na ampliação do programa Cisco Networking Academy nas instituições da Rede Federal. A proposta visa contribuir para a inclusão social e melhoria da empregabilidade no Brasil com a qualificação de mão-de-obra especializada para o mercado de tecnologia da informação.  

Nos próximos cinco anos, as instituições ligadas ao Conif irão utilizar sua capilaridade para ofertar capacitação profissionalizante em tecnologia à estudantes e comunidades pelo país. “Com essa parceria, vamos fomentar a inclusão digital e gerar mão-de-obra qualificada nos campos das tecnologias da informação e comunicação em todas as regiões do país. Isso é um compromisso com a educação pública e de qualidade”, destacou a presidente do Conif, Sônia Regina de Souza Fernandes.

A primeira academia Cisco em um Instituto Federal foi inaugurada em 2002. Atualmente, há no Brasil 14 centros de suporte de academias em 6 centros de treinamento de instrutores e 138 academias ativas.Gabriel Bello Barros, líder da Cisco Networking Academy no Brasil, explica que a adesão das instituições da Rede Federal e dos professores ao programa é voluntária e que eles terão acesso a conteúdo e uma plataforma que está disponível em 180 países. “A Rede Federal é um parceiro estratégico”, sinaliza. 

A líder da Cisco Networking Academy na América Latina, Rebeca De La Veja, destaca que a disponibilização da plataforma NetAcad.com da Cisco também vai fomentar a pesquisa de ponta, beneficiando também a comunidade acadêmica do país. “É uma parceria que aumenta o impacto social da Cisco na sociedade brasileira. São muitas as possibilidades para a comunidade acadêmica nacional. Além disso, é uma cooperação construída a quatro mãos que vai aoencontro depilares centrais de ambas as instituições,que são formar bons profissionais e contribuir com as demandas do mercado de trabalho e da economia brasileira”, destacou. 

De acordo com o coordenador do Fórum dos Gestores de Tecnologia da Informação (Forti) do Conif, Paulo Henrique Bezerra, os professores da Rede Federal vão poder utilizar as ferramentas disponíveis com a parceria em seus projetos de extensão. “Teremos a oportunidade de montar dentro da Rede um grande grupo de profissionais das TIC’s. O Forti vai trabalhar com a equipe da Cisco para acompanhar a qualidade e oferta em todas as regiões do Brasil”, pontuou.

Parceria – O Acordo de Cooperação foi assinado em dezembro de 2020 e desde então, representantes das duas instituições tem sedebruçado em um plano de trabalhopara expandir a parceria da Rede Federal com a Cisco.

Cisco – A empresa é líder mundial em tecnologia para a Internet. A Cisco inspira novas possibilidades ao reinventar suas aplicações, proteger seus dados, transformar sua infraestrutura e capacitar suas equipes para um futuro global e inclusivo.

Conif – O Conselho é uma instância de discussão, proposição e promoção de políticas de desenvolvimento da formação profissional e tecnológica, pesquisa e inovação. Atua no debate e na defesa da educação pública, gratuita e de excelência, visando o fortalecimento e a consolidação das 41 instituições congregadas – 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II – que, juntas, contabilizam mais de 600 unidades em todo o Brasil.

Assessoria de Comunicação do Conif

Texto: Marcus Fogaça

Revisão: Fernanda Torres

SCS, quadra 2, bloco D, Edifício Oscar Niemeyer, térreo, lojas 2 e 3. CEP: 70316-900. Brasília – DF

       ​Secretaria Executiva
    (61) 3966-7220
   conif@conif.org.br

       ​​Assessoria de Comunicação Social e Eventos
    (61) 3966-7230
   ​comunicacao@conif.org.br

       ​​​Assessoria de Relações Internacionais
    (61) 3966-7240
   ​internacional@conif.org.br