MEC publica nova versão da Plataforma Nilo Peçanha

O Ministério da Educação (MEC) lançou, nesta terça-feira (7/6), uma nova versão da Plataforma Nilo Peçanha (PNP). A ferramenta consiste em um espaço virtual de coleta, validação e disseminação das estatísticas oficiais da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Rede Federal). Lançada em 2018, a PNP já passou por uma série de atualizações, sendo a última realizada com o intuito de transformá-la em um espaço mais intuitivo, atualizado e repaginado.

“Transformar a plataforma em algo mais amigável é uma demanda que existia dentro e fora da Rede Federal. Esse novo espaço irá facilitar a prospecção de dados para os gestores e cidadãos que estão interessados nas informações que ali estão”, afirma o diretor de Desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (DDR) do MEC, Kedson Raul de Souza Lima.


A nova Plataforma Nilo Peçanha foi lançada pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC e traz dados de mais de 650 unidades de ensino que participam da Rede Federal, com informações sobre matrículas e oferta de cursos e investimentos, por exemplo, construindo um retrato da educação profissional, científica e tecnológica do Brasil.

Além das informações existentes, a nova plataforma trará ao público informações sobre o orçamento e dados sobre a gestão de pessoas das instituições da Rede Federal, aspectos que não constavam nas versões anteriores. “Esses dados são públicos e isso precisa estar claro para a sociedade. A Plataforma é um patrimônio de todos e mostra para a sociedade a cara da Rede Federal”, pontua o presidente do Conif, Claudio Alex Jorge da Rocha.


A solenidade de lançamento da nova versão da PNP ocorreu na sede do MEC, em Brasília, e reuniu os conselheiros do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que estavam na cidade para a 111ª Reunião Ordinária do Pleno.


Assessoria de Comunicação do Conif

Fotos: Luis Fortes/MEC


Compartilhe esta notícia

mais notícias

Post Tags

relacionado