Internacionalização como chave para o desenvolvimento da Rede Federal



O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) tem apoiado e promovido uma série de ações voltadas à internacionalização da Rede Federal. Em 2022, não faltaram iniciativas com o objetivo de prospectar parcerias e incentivar ações de cooperação no âmbito da Rede Federal. O Conif segue como um interlocutor e protagonista no debate internacional no tocante à Educação Profissional. Selecionamos seis momentos nos quais o Conselho e suas instituições congregadas se destacaram neste ano. 


1 – Rede Federal conquista Menção Honrosa em congresso da Federação Mundial de Colleges e Institutos Politécnicos (WFCP)


O Programa Português como Língua Adicional em Rede (PLA em Rede) conquistou uma Menção Honrosa na categoria Cidadania Global, do Prêmio de Excelência da Federação Mundial de Colleges e Institutos Politécnicos (WFCP, na sigla em inglês). A cerimônia de premiação ocorreu no encerramento da edição de 2022 do Congresso Mundial da Instituição, em San Sebastián, na Espanha. Voltado para o fortalecimento das políticas de internacionalização da Rede Federal, o PLA tem o intuito de promover a língua portuguesa, impulsionar a internacionalização em casa e formar cidadãos capazes de transitarem em diversos contextos globais e interculturais.


2 – Unesco publica documento com Estratégias para a Educação Profissional e Técnica


O reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF) e membro da Câmara de Internacionalização do Conif, Jefferson Manhães de Azevedo, representou a Rede Federal no lançamento da Estratégia para a Educação Profissional e Técnica (EPT) 2022-2029. O evento foi promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e ocorreu na sede da entidade, em Bonn, Alemanha, nos dias 25 e 26 de outubro de 2022. O documento define os temas e programas prioritários para a organização relacionados à EPT em todo o mundo, considerando a relevância da educação nas transições econômicas e sociais do presente e do futuro.


3- Conif assina documento apresentado no âmbito da Conferência Mundial de Educação Superior da Unesco


Conif, Andifes, Abruc e Abruem elaboraram um documento com o posicionamento brasileiro acerca dos temas que foram debatidos no âmbito da Conferência. A Carta apresentou destaques no tocante a questões como financiamento da educação pública, inclusão, mobilidade acadêmica, governança e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A movimentação garantiu a participação de representante da Rede na Conferência.


3 – Conif promoverá a educação profissional no âmbito dos BRICS


O Conif foi convidado pelo Ministério da Educação do Brasil para participar do Comitê de Gestão Conjunta da Aliança para a educação profissional e técnica no âmbito do BRICS (BRICS TVET Cooperation Alliance, em inglês). A Aliança foi estabelecida no contexto da Cúpula de 2022, que teve como orientação 'Promover parcerias de alta qualidade e inaugurar uma nova era para o desenvolvimento global'. Além do Conif, outras 14 instituições da Rede devem compor a Aliança em 2023.  A China está na presidência rotativa do grupo e foi responsável pela organização da conferência de líderes.


4 – Seminário fortaleceu rede de cooperação entre instituições de educação profissional de Portugal e do Brasil


O Conif e o Conselho Coordenador dos Institutos Politécnicos (CCISP) reafirmaram uma série de compromissos para o fortalecimento dos trabalhos das duas redes durante o I Seminário Luso-Brasileiro de Ensino Superior. Vários destaques foram dados aos itinerários formativos inovadores, aos movimentos de dupla diplomação, projetos de mobilidade, às relações de fronteira, e ao aprofundamento das profícuas relações entre instituições de Brasil e Portugal. O seminário ocorreu na cidade de Bragança, em Portugal, e reuniu gestores do Conif e do CCISP. Os compromissos dos Conselhos resultaram na assinatura na Declaração de Bragança.


5 – Programa Lapassion em Rede é aberto com atividades e solenidade no IFG


Em solenidade realizada no Instituto Federal de Goiás – Câmpus Itumbiara, representantes do Conif participaram da abertura oficial do Programa Lapassion em Rede – Metodologia Brampssol. O Programa está planejado para ser realizado em quatro anos, com o objetivo de ser expandido para toda Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, países de língua portuguesa e latino-americanos. O Lapassion em Rede se baseia na metodologia Brampssol, que foi criada por estudantes e docentes do Câmpus Itumbiara em 2021.


6- Programa de Formação de Formadores Moçambicanos


Com foco no objetivo estratégico de fortalecimento da cooperação Sul-Sul, o Conif assumiu desde 2017 a oferta de programas para formação de formadores moçambicanos. Em 2022 o foco é direcionado para o eixo construção civil. Nesse contexto 6 professores da Rede Federal (IFAL, IFB, IFG, IFPR e IFS) iniciaram a oferta virtual de curso para 75 formadores moçambicanos. A etapa presencial está prevista para 2023 e conta com financiamento da Agência Brasileira de Cooperação (ABC). A cooperação técnica internacional é uma modalidade de cooperação que viabiliza o desenvolvimento de competências institucionais.


Assessoria de Comunicação do Conif


Compartilhe esta notícia

mais notícias